*mais sobre mim

*Junho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

*posts recentes

* Acordar o blog adormecido...

* Hot Hot Hot

* ...

* A Sombra do Vento

* Há coisas que nunca mudam...

* Porque é que os jogadores...

* Como ser um verdadeiro ch...

* Novo morador

* Gata preta, gato branco

* Blogodependente

*arquivos

* Junho 2010

* Julho 2007

* Junho 2007

* Maio 2007

* Abril 2007

* Março 2007

* Fevereiro 2007

* Janeiro 2007

* Dezembro 2006

* Novembro 2006

* Outubro 2006

*tags

* todas as tags

*pesquisar

 
blogs SAPO

*subscrever feeds

Quarta-feira, 23 de Maio de 2007

Será que já não se pode dizer uma piada?

Segundo as noticias nos órgãos de comunicação social, um professor da DREN vai ser (ou já foi...não sei) suspenso porque terá dito uma piada sobre a licenciatura do nosso Primeiro Ministro José Sócrates.

Mas será que não se pode dizer uma piada? Quem é que em Portugal não disse piadas sobre a licenciatura do Primeiro Ministro? Eu recebi montes de mails reencaminhados com piadas sobre esse tema que foi tão falado em Portugal. Até um dos ministros do governo de José Sócrates disse uma piada relativa à licenciatura perante uma plateia e não me lembro dele ter sido suspenso das suas funções por isso. Será que há dualidade de critérios? Parece que sim. Se há uns que dizem piadas e são suspensos, se calhar os outros que também dizem também deviam ser suspensos.

Do que ouvi hoje de manhã parece que a piada foi qualquer coisa sobre "vivermos num país de bananas" e foi dita numa conversa entre duas pessoas, o professor que foi suspenso e outra pessoa. Se o professor em questão não queria ser suspenso, parece que houve alguém que foi fazer queixinhas......ou então outro alguém que ouviu e também foi fazer queixinhas...Isto é a minha teoria.

(imagem retirada de http://cfq.no-ip.info/2006-2007/site_picts/tux_teacher_2.jpg)

publicado por Marisa às 13:10
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De Bárbara a 24 de Maio de 2007 às 00:42
Nossa, coitado do cara!

Mas hj em dia ainda acontece esse tipo de coisas?

Vc não sabe: ontem sonhei que viajava p/ Portugal-durante um dia, q doido!- e te encontrava lá. rsrs

Bjinhuss maninha!!
De afilhado a 31 de Maio de 2007 às 00:26
madrinha.. agradecia melhor informação..
se fores procurar com atenção, esse prof foi despedido por usar linguagem obscena nos sitios menos indicados para isso, ou seja, nada a ver com o que a comunicação social (uma vez mais) quer fazer transparecer..!
De Marisa a 31 de Maio de 2007 às 10:10
Quando escrevi este post foi com base no que tinha ouvido no dia anterior nos telejornais da noite. Já no dia em que escrevi, ouvi outra coisa, uma entrevista que o tal senhor deu às rádios e às televisões, que já foi diferente do que tinha ouvido. Pelo que percebi, ele durante uma conversa que teve no escritório com um colega de trabalho, referiu qualquer coisa sobre enviar o doutoramento por fax. Realmente isto é diferente do que eu tinha ouvido no dia anterior, mas não deixa de haver queixinhas por por parte do "colega". Se não aconteceu assim, isso já não sei, eu falo do que oiço na televisão, o que nem sempre está certo e que muitas vezes é alterado, mas não posso andar por ai a investigar para saber a verdade certa, se for diferente da que ouvi.
Bjinhus!

Comentar post

*links