*mais sobre mim

*Junho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

*posts recentes

* Acordar o blog adormecido...

* Hot Hot Hot

* ...

* A Sombra do Vento

* Há coisas que nunca mudam...

* Porque é que os jogadores...

* Como ser um verdadeiro ch...

* Novo morador

* Gata preta, gato branco

* Blogodependente

*arquivos

* Junho 2010

* Julho 2007

* Junho 2007

* Maio 2007

* Abril 2007

* Março 2007

* Fevereiro 2007

* Janeiro 2007

* Dezembro 2006

* Novembro 2006

* Outubro 2006

*tags

* todas as tags

*pesquisar

 
blogs SAPO

*subscrever feeds

Quinta-feira, 12 de Abril de 2007

Why do all good things come to an end?

Apetece-me por aqui a letra de uma música!

Apesar de a Nelly Furtado ter aquele ar um tanto ou quanto tresloucado, que eu acho que me é transmitido pelo aquele gargalhar estridente e o português com uma grande pitada de sotaque inglês pelo meio, acho-lhe imensa graça. Não só pelo facto dela de se ter tornado uma especie de embaixatriz de Portugal no estrangeiro, mas porque gosto de algumas músicas dela. Acho que este último album "Loose" está muito bom. Não conheço as músicas todas, mas as que já ouvi deixaram-me uma boa impressão...Ok, "Maneater" é uma canção um pouco ousada, mas o ritmo é muito bom.

Depois de ouvir não sei quantas vezes o "Say it right", ultimamente há um refrão dela que não me sai da cabeça.... lá lá lá "Flames to dust, Lovers to friends, why do all good things come to an end?" lá lá lá!! Este refrão faz todo o sentido! Nada se prolonga...por mais boa que uma coisa seja, mais tarde ou mais cedo, acaba! Infelizmente tudo tem um tempo limitado. Tantas sensações, tantos momentos que são vividos e que na altura se pensa "era tão bom que o tempo parasse e que esta sensação se prolongasse pela eternidade". Mas não, tudo acaba! A coisa boa é que felizmente a vida não é feita apenas de um bom momento ou de uma boa sensação, mas sim de muitos. Mesmo que se fique triste, não podemos nos deixar abater e pensar no que se perdeu, mas recordar o que foi vivido e o que aí vem. Isto pode-se aplicar a muitas coisas: a um pedaço de chocolate, a dia inesquecível, um passeio, um mergulho no mar, um beijo apaixonado, uma relação, uma amizade, uma fatia de pão com manteiga...tanta coisa!

Só nos resta a consolação de que "Tudo o que é bom dura o tempo suficiente para se tornar inesquecível" :) E eu nunca me esqueço das coisas boas...

Nelly Furtado

"AhAhAh!

Honestly what has become of me, 
dont like reality, its way to clear for me
Really life is dandy, we are what we dont see,
We miss everything daydreaming

(chorus)
Flames to Dust, Lovers to friends
why do all good things come to an end ?
flames to dust, lovers to friends 
why do all good things come to an end ?(Come to an
end, come to and end)

Travelling I (pause) Only stop at exits
wandering if ill stay (pause) young and restless
Living this way, i stress less
I want to pull away when the dream dies
the pain sets in and i dont cry
I Only feel gravity and i wonder why

(chorus)repeat

(bridge)
When the dogs were whistling a new tune
Barking at the new Moon 
Hoping it would come soon
so that they could 
When the Dogs were whistling a new Tune
Barking At the new Moon 
Hoping it would come soon
So that it could die

Die...Die...Die...

Flames to dust, lovers to friends, why do all good
things come to an end ?
Flames to dust, lovers to friends, why do all good
things come to an end ?

When the dogs were barking at the new moon, whistling
a new tune, hoping it will come soon.

And the sun was wondering if it should
stay away for a day
'till teh feeling went away

and the sky was falling and the clouds were dropping
and the rainfall, got out to bring salvation 

and the dogs were barking at a new moon
whistling a tune hoping it would come 
Soon so that they could die"
publicado por Marisa às 11:51
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De Rabble Rouser a 12 de Abril de 2007 às 14:49
Claro que, do meu ponto de vista, o último álbum da Nelly é o piorzinho deles todos - ou não estivesse ele impregnado de comercialismo e veneno hip-hópico (produzido pelo "assassino musical" Timbaland, que mais se poderia esperar?). Mas mais uma vez sou confrontado com outra realidade cruel - as gajas curtem este som!!! Ainda me lembro de um tempo em que as mulheres tinham bom gosto musical, tendo o meu próprio paladar sido influenciado por algumas delas... mas agora já não é assim. Realmente, "all good things come to an end"...
De afilhado a 12 de Abril de 2007 às 23:48
finalmente um post com sentido de reflexão.. nice!
sim, é um facto que nada se prolonga.. mas há que ter um mente que "tudo é eterno enquanto dura..!"
costumo dizer que nada pode ser eterno, já que também ninguém o é. portanto nesta lógica já tudo estará dito..!

Nelly.. sim, a miúda (e os seus produtores) tem sentido de ritmo, abem no que o Hip-hop se está a tornar (a eliminar o baixo e a fazer o "flow" através da percussão) e sabem que estão a trabalhar nesse regísto na lógica da "Pop-Music".. é bom,mas não o meu gosto regular.. ja que sou mais po "Rock and Roll,baby!".. e Blues! e Metal.. e Punk.. e House.. e Electro-Industrial.. whatever..!

aquele beijo..!
De Eu a 13 de Abril de 2007 às 15:39
As coisas boas terminam rapidamente.
De Ricky S a 17 de Abril de 2007 às 15:34
É realmente uma grande musica, inserida num album realmente mt bem conseguido e que na minha opinião supera os seus antecessores, facto esse k não deixou a critica indiferente a este. Para além da acima referida, " Promiscuous", "Maneater" e "Say It Right" mostram a nova vertende musical de Nelly mais virada para os sons actuais hip-hop e R&B. Tb podemos ouvir a sua inconfundível voz no mais recente single de Timbaland "Give it to me" que é já um hit em todo lado!!!!

Stay tuned and see ya....d(^-^)b

Comentar post

*links