*mais sobre mim

*Junho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

*posts recentes

* Acordar o blog adormecido...

* Hot Hot Hot

* ...

* A Sombra do Vento

* Há coisas que nunca mudam...

* Porque é que os jogadores...

* Como ser um verdadeiro ch...

* Novo morador

* Gata preta, gato branco

* Blogodependente

*arquivos

* Junho 2010

* Julho 2007

* Junho 2007

* Maio 2007

* Abril 2007

* Março 2007

* Fevereiro 2007

* Janeiro 2007

* Dezembro 2006

* Novembro 2006

* Outubro 2006

*tags

* todas as tags

*pesquisar

 
blogs SAPO

*subscrever feeds

Sábado, 24 de Março de 2007

Telefonar aos sábados de manhã - pecado ou proibição??

Se há coisa que eu não suporto depois de uma semana a ser acordada às 6.30 pelo despertador, é ser acordada ao sábado por algum barulho incessante, vulgo telefone!!! E este é o segundo sábado seguido que, ao dormir profundamente por volta das 10h da manhã, sou acordada pelo meu telefone.

Quando isto acontece o meu procedimento é o seguinte:

1toque - não oiço, porque estou a dormir profundamente

2toque - oiço-o, mas soa muito longe

3toque - já meio acordada, oiço-o bem, mas penso "Isto não me pode estar a acontecer"

4toque - acordadissíma, mas de olhos  fechados espero ouvir os passos da minha mãe

5toque - não oiço os passos da minha mãe e começo a pensar "ai que caraças, parece que vou ter mesmo que ir lá" (isto quando estou relativamente bem disposta) ou "se for importante ligam outra vez"

O que vem a seguir depende. Quando estou com muito sono e não há barulho nas redondezas, viro-me para o lado e adormeço; o pior é quando desperto, começo a pensar na vidinha, a ficar com remorsos por não ter ido atender e que podia ser algo importante ou mau (eu ando traumatizada com telefonemas aos sábados de manhã) e ai contrariada abro os olhos e ligo a televisão!

Muitas das vezes já não ligam mais, porque são as minhas tias e pensam que os meus pais não estão e que, muito provavelmente, eu estou a dormir; ou aquelas mulheres chatas, a fazerem perguntas do tipo 2+2 e que nós mesmo respondendo 5, ficam muito contentes por nós termos acertado e merecemos ganhar um prémio, que depois já não ligam.

Hoje foi daqueles dias que, mesmo com os olhos fechados e a pensar que estava a ter um sonho interessante, não consegui dormir! Passado um bocado, o telefone voltou a tocar e como a minha Mãe estava a aspirar lá tive que ir atender o telefone. O senhor deve ter ficado a pensar que sou monossilábica "Sim", "Não", "Ok" e que sou rapaz, porque depois de acordar fico sempre com uma voz de bagaço extremamente sexy!!

Mas pior que acordar com o telefone, é acordar com o toque da campainha e não estar ninguém em casa, a não ser eu!! Como durmo sempre com os estores fechadissimos, o quarto fica muito escuro e por isso quando me levanto tem de ser devagarinho para me ir habituando à luz e ficar momentaneamente cegueta. Quando a campainha toca e sei que não está ninguém em casa é o caos!!! Levanto-me a correr; tento encontrar os chinelos em vão, optando 5 segundos depois ir mesmo descalça; chego à varanda e ao abrir a janela fico encandeada com a luz; toda despenteada, vestida de pijama e de olhos fechados penso "Quem foi o filho da mãe que me acordou????", mas digo "Quem é????"; ao mesmo tempo, tento abrir os olhos e tento adivinhar pela voz quem será; por fim, lá consigo abrir os olhos e respondo qualquer coisa. Resultado: ainda a ver mal, volto, lixada da vida, para a cama sabendo que muito provavelmente não vou conseguir adormecer...

Quando eu for Imperadora da minha metade do mundo - sim, porque eu ando a ler um livro de André de Guillaume que se chama "Como dominar o mundo - Guia de bolso do aspirante a ditador, oferecido pelo Co-Imperador :) - vou decretar uma lei do género "É proibido telefonar ou tocar à campaínha de alguém durante o fim-de-semana até às 12.30"

publicado por Marisa às 11:32
link do post | comentar | favorito

*links