*mais sobre mim

*Junho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

*posts recentes

* Acordar o blog adormecido...

* Hot Hot Hot

* ...

* A Sombra do Vento

* Há coisas que nunca mudam...

* Porque é que os jogadores...

* Como ser um verdadeiro ch...

* Novo morador

* Gata preta, gato branco

* Blogodependente

*arquivos

* Junho 2010

* Julho 2007

* Junho 2007

* Maio 2007

* Abril 2007

* Março 2007

* Fevereiro 2007

* Janeiro 2007

* Dezembro 2006

* Novembro 2006

* Outubro 2006

*tags

* todas as tags

*pesquisar

 
blogs SAPO

*subscrever feeds

Quinta-feira, 22 de Março de 2007

Saltos altos para que vos quero??

Quem me conhece sabe que eu não sou muito dada a feminilialidades no meu dia-a-dia. Não me maquilho, não uso decotes e, principalmente, não uso altos!

Apesar de já ter 22 anos e de estar sempre a ouvir sermões da minha mãe para começar a vestir-me como uma mulherzinha, não consigo deixar de vestir as minha calças de ganga e de calçar os meus ténis. Com isto não quero dizer que sou uma "maria-rapaz. Pelo menos eu não me vejo como tal, pois não dispenso de usar as minhas saias, de usar roupas mais curtas quando o tempo apela para isso e de por uma sombra nos olhos e um brilho nos lábios quando vou sair.

A parte pior é mesmo usar saltos altos...

Sandálias ou botas com algum salto isso eu calço, mas são aquelas em que o salto acompanha a sola toda. Ao principio custa um pouco a habituarmo-nos, mas pouco tempo depois já se anda bem e não há grandes desiquilibrios e riscos. Agora sapatinhos todos XPTO com salto alto é coisa que ainda não me consegui habituar...

A minha primeira aventura com sapatinhos de salto alto foi no meu 2ºano da faculdade. Decidi estrear o meu traje académico e os sapatos todos XPTO comprados especialmente para esse fim na grande Manifestação de Estudantes contra o aumento das proprinas. Fui a pé da Cidade Universitária até à Assembleia da República. Resultado: mal cheguei à Assembleia da República descalcei-me e praticamente fui descalça até ao metro da Baixa-Chiado; e quatro magnificas bolhas nos pés, claro!

A minha segunda compra deste estilo de calçado foram umas sandálias, que eu so uso em casamentos. Com elas nunca ganhei bolhas, mas primeiro que conseguisse equilibrar em cima delas e andar 5 metros sem me bambolear toda...custou muito!

Finalmente, a minha última aquisição foram os chamados sapatinhos de matar baratas ao canto, que são uns sapatos todos XPTO e que tem como particularidade acabarem em bico à frente. Esta minha compra até me deu prazer, porque apesar de ter sido obrigada a comprá-los por questões, digamos profissionais, são tal e qual como eu queria. Claro que isto não quer dizer que eu me tenha habituado logo a eles...pois no primeiro dia tive como bonús bolhas nos pés. Eu até já acho que sapatos novos que não provoquem bolhas não tem tanta graça....

Ultimamente, durantes uns dias, por razões meio académicas meio profissionais, tive que me vestir de uma forma mais formal e, talvez, mais elegante. Assim lá tive que tirar os meus sapatinhos de matar baratas ao canto da caixa e calça-los, qual cinderela...Como tive que andar muito, principalmente de transportes públicos, notei, ainda mais, como é dificil ser mulher e ter que usar sapatos de salto alto.

Por acaso já repararam na infinidade de grelhas que existe nas estações de metro??? Eu reparei!! Enfiei perto de 500 vezes os saltos dentro dessas ditas grelhas. Eu só pensava quando é que o salto se partia ou tinha que telefonar a minha mãe para me ir ajudar a tirar os sapatos das grelhas. Além das grelhas também reparei que nos passeios portugueses, as pedras da calçada não estão muito juntas. Estou a ponderar escrever ao sindicato dos calceteiros para terem mais cuidado, porque eu não quero estragar os meus saltos por insistirem em se enterrarem entre as pedras das calçadas. Isto sem contar com o esforço que tive em tentar me equilibrar em cima deles.

Parece que vou sentir muitas saudades dos meus ténis quando começar a ter que usar esse estilo de sapatos todos os dias.

Desde que faço a depilação com cera e que calço sapatos de salto alto que comecei a compreender a frase "A mulher para ser bonita tem que sofrer"

 

publicado por Marisa às 12:24
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De afilhado a 23 de Março de 2007 às 05:25
pois.. eu também não ligo muito a saltos-altos.. não acho que me dêem muito jeito no meu dia-a-dia.. lol!

aquele beijo..!
De ich a 23 de Março de 2007 às 12:04
Ahh nada como ser macho e usar ténis todo o santo dia... e quando começar a trabalhar, continuarei a usar ténis! Vou ser como o Dr. House, e quem não gostar, que se lixe! E quando chegar a um cargo superior, determinarei que na minha empresa todos poderão ir vestidos como lhes aprouver, desde que lhes proporcione bem-estar e conforto - e as gajas podem ir todas decotadas nos períodos de clima mais ameno (mas só as dotadas de grandes peitaças!)...
De ricky S a 3 de Abril de 2007 às 17:55
Hello...desde já mts desculpas pelos comments mt atrasados k vão surgir..hehehehe( busy life...brrrrr:)) Pois é, saltos altos, acho giro por vezes ver as senhoras a tentar andar de saltos altos sem se "partirem" tds..lololol, mas é realmente um acessório mt fashion e que dão mt glamour nos pés certos!!!!:)
De Rita Louro a 16 de Setembro de 2009 às 13:00
Boa tarde Marisa.

Sou jornalista da Sic e tinha interesse em falar consigo sobre o post "Saltos Altos para que vos quero" porque estamos a preparar um programa, precisamente, sobre os incoveninetes dos saltos altos para a saúde e sobre os empregos onde o 'dress code' obriga ao uso desse acessório de moda. Poderá entrar em contacto comigo através do e-mail ou deixar o seu contacto telefónico para falarmos um pouco?

Melhores cumprimentos
Rita Louro

Comentar post

*links