*mais sobre mim

*Junho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

*posts recentes

* Acordar o blog adormecido...

* Hot Hot Hot

* ...

* A Sombra do Vento

* Há coisas que nunca mudam...

* Porque é que os jogadores...

* Como ser um verdadeiro ch...

* Novo morador

* Gata preta, gato branco

* Blogodependente

*arquivos

* Junho 2010

* Julho 2007

* Junho 2007

* Maio 2007

* Abril 2007

* Março 2007

* Fevereiro 2007

* Janeiro 2007

* Dezembro 2006

* Novembro 2006

* Outubro 2006

*tags

* todas as tags

*pesquisar

 
blogs SAPO

*subscrever feeds

Terça-feira, 13 de Fevereiro de 2007

Dia dos Não-Namorados

Como é de conhecimento nacional, não fosse os anúncios na TV e as montras das lojas estarem pintadas de vermelho, amanhã, dia 14 de Fevereiro, é Dia dos Namorados.

É um dia bonito! É dia dos casais de namorados estarem juntos, tipo lapas, o dia inteiro; de trocarem prendinhas; de trocar juras de amor eterno; e de trocar fluídos corporais, vulgo beijos. Se amanhã houver um novo tremor de terra, e se desta vez for sentido no país todo, não se admirem, é porque há muitos casais muitos casais a celebrar O AMOR!!

Não sendo uma rapariga muito namoradeira nem muito desejada pelo sexo oposto, em 22 anos de experiência de vida, os meus Dias dos Namorados foram passados sozinha. Sozinha, mas com prendas e cartinhas. Recebi algumas cartinhas, que ainda guardo para mais tarde recordar, e recebi uma rosa quando andava no 10ºano. Uma rosa cor-de-rosa (bonita conjugação de palavras!) que durou 15 dias dentro de uma jarra e que me foi oferecida por um colega de turma, que neste momento é um grande amigo e um homem casado, e bem casado! Eu agradeci a rosa, mas não aceitei o pedido de namoro, porque via o rapaz como amigo, que é o que ele é hoje. As coisas entre amigos, mais do que amizade, sempre me pareceu um pouco complicado....

Actualmente, encontro-me sem namorado e sem possível ocupante do lugar. Já que este blog pertence-me podia utilizá-lo para pôr aqui um anúncio do tipo "Procura-se Principe para relacionamento sério....", mas...além de ficar muito mal, essas coisas não se procuram, encontram-se e ponto final. Tem de haver um clique, uma quimica e ponto final parágrafo!

Como o assunto "Dia dos Namorados" não me interessa muito andei a pensar, a pensar e lembrei-me...Se se comemora tantos dias "Dia do Pai", "Dia Mundial da Criança", "Dia dos Namorados", porque é que não há um Dia dos Não-Namorados?? Porque é que não há um dia para mim? Porque é que não há um dia em que se comemore a felicidade que é ser solteira e boa rapariga?

Claro que ter namorado é uma coisa bem interessante. Sabe bem ter alguém ao lado pelo qual se sente algo muito especial e saber que se é retribuido. Sabe bem ter alguém que basta um olhar e sabe o que queremos e o que temos, que está ao nosso lado nos momentos dificeis e que nos complementa. Sou apologista de uma paixão/amor saúdavel, sem ciúmes doentios, imposições, sem perseguições e análises diárias ao guarda-roupa e mensagens de telemóvel. Na minha opinião, que gosta/ama confia e por isso não tem que andar a remexer em certos aspectos e a esconder amigos e coisas que faz!

Como estava a dizer...ter namorado é uma coisa bem interessante, mas não ter namorado também tem coisas interessantes. Somos livres, pois fazemos o que queremos; somos ricos, porque não gastamos dinheiro em cinema, gasolina e prendas; e somos umas pessoas bem simpáticas. Posso ser solteira, mas não sou frustada, nem encalhada, sou apenas uma boa rapariga!

Viva às pessoas que não tem namorado!!

E...felicidades às pessoas que já encontraram a sua alma gémea, principalmente aos casais meus amigos, em que assisti e participei  na história deles. Só tenho pena que os casais que eu juntei não continuem juntos, mas eu sou boa cupida, sou mesmo!!!! Só me falta mesmo a certificação do meu SGQ segundo a ISO 9001...

publicado por Marisa às 10:39
link do post | comentar | favorito
6 comentários:
De Ricky S a 13 de Fevereiro de 2007 às 13:46
Pois é...é verdade "Saint Valentine's Day, the lover's day" e é já amanhã, é engraçado pois hoje em dia eu acho que já se perdeu um bacadinho do que realmente era este dia e da importância que este tinha não só nas pessoas que já expressavam o seu amor por outrem, no verdadeiro sentido da palavra, mas sobretudo para aqueles que estando perdidamente apaixonados sentiam de certa forma inibidos e então aproveitavam este dia para enviar fosse um simples bilhetinho passando por uma carta mais elaborada, até mesmo perfumada, ou então um cartão com uma frase super romântica acompanhado naturalmente de lindas flores!Eu pessoalmente tb ainda guardo algumas cartas, sobretudo do secundário, pois foram como é natural as que tocaram mais...lol, tb me recordo de ter recebido por algumas vezes cravos, agora honestamente acho que não duraram tanto quanto as tuas roas, peço imensa desculpa por tal a tds as pessoas que tiveram a amabilidade de me os enviar:) Hoje em dia as coisas não só evoluiram no sentido de que hoje trocaram-se as cartas pelos e-mails, pelas sms's ou até mesmo pelos e-cards, mas mudaram de igual forma no sentido que hoje as pessoas, e ainda bem, fazem do dia dos namorados qualquer dia, seja ele para ofereçer umas flores uns bombons, um jantar romãntico à luz de velas num sitio exótico e sensual ou seja até mesmo como tu o disseste para fazer uma troca de fluídos, o importante é k as pessoas vivem-o quando querem!
Em relação à ideia do dia dos não namorados e sendo um assunto que tb me toca pois actualmente tb me encontro oficialmente sem namorada..lol, acho k sim, porque não? Somos todos filhos de Deus...hehehehehe!!!
E não querendo estar a alongar-me mais, senão ainda faço um comment maior k o teu post e não quero de forma alguma tirar a importânçia a este,desejaria só para terminar um feliz dia dos namorados para tds vocês out there!!!!

Ciao!!!

Ricky S
De phiwuipa a 14 de Fevereiro de 2007 às 22:05
Sim... Porque não existe o dia dos não namorados?!?! lool

*Beijinhos*
De catarina a 30 de Janeiro de 2009 às 19:21
Ola Marisa, eu depois de ler o teu post sobre o dia dos não namorados fiquei curiosa se dois anos depois ainda mantens essa opniao.
O meu nome é catarina malheiro e gsotava de assinalar o dia 13 de fevereiro como o dia dos não namorados e gostva de poder trocar umas ideias contigo!
De Marisa a 22 de Fevereiro de 2009 às 12:15
Olá Catarina :)
Dois anos depois já não me lembrava que tinha escrito este post...infelizmente, por falta de inspiração, jà Há muito tempo que não escrevo nada, mas fico muito feliz por haver pessoas que ainda o visitem. À tua pala estive a ler este post, que, como disse, já não me lembrava que o tinha escrito..e é engraçado ver as diferenças 2 anos depois. Dois anos depois algumas coisas mudaram...já encontrei o meu "principe para relacionamento sério", fazemos hoje precisamente 6 meses de namoro :) mas...ironia do destino, nunca tendo passado um dia dos namorados, com namorado, este ano já tendo, por razoes de força maior, também não passei o dia com ele...mas pronto...a terça feira a seguir serviu como dia dos namorados. Mesmo tento namorado, continuo a passsar da mesma forma. Durante muito tempo não tive namorado e acho que devia haver mesmo um dia dos Não-Namorados, acho que toda a gente merece um dia :P também continuo a concordar que tendo namorado gastamos mais dinheiro...mas é um dinheiro bem aproveitado. E...tudo o que disse sobre ter namorado também mantenho...e estou feliz porque muito das coisas que queria que acontecessem quanto tivesse namorado...estão de certa forma a acontecer.. :)
De Elevador da Glória a 22 de Julho de 2011 às 13:00
Durante muitos anos comemorei este dia 13 de Fevereiro como o dia dos não namorados. Institui-o na minha vida, com direito a presentes e tudo :-)
Passados estes anos, resolvi desenterrá-lo para arrumar de vez esse assunto na minha vida e, numa breve busca pela net encontrei este post.
Ajudou.

Obrigada
De Marisa a 24 de Julho de 2011 às 21:55
Obrigada eu!
É bom e gratificante saber que o meu post, mesmo 4 anos depois, toca as pessoas.
Apesar de já não escrever nele à muito tempo, ainda cá venho de vez em quando. Foi bom reler o meu próprio e redescobri-lo! Andava mesmo inspirada naquela altura.... :)

Comentar post

*links