*mais sobre mim

*Junho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

*posts recentes

* Acordar o blog adormecido...

* Hot Hot Hot

* ...

* A Sombra do Vento

* Há coisas que nunca mudam...

* Porque é que os jogadores...

* Como ser um verdadeiro ch...

* Novo morador

* Gata preta, gato branco

* Blogodependente

*arquivos

* Junho 2010

* Julho 2007

* Junho 2007

* Maio 2007

* Abril 2007

* Março 2007

* Fevereiro 2007

* Janeiro 2007

* Dezembro 2006

* Novembro 2006

* Outubro 2006

*tags

* todas as tags

*pesquisar

 
blogs SAPO

*subscrever feeds

Terça-feira, 30 de Janeiro de 2007

ICor 13, 4-8

Tenho andado a vasculhar o meu blog e descobri que isto tem montes de funções que eu ainda não utilizei. Por isso, hoje, decidi fazer um post extra como teste. 1, 2, 3 Teste!! O meu objectivo é, juntamente com o texto, postar uma imagem alusiva ao tema. Espero conseguir e que fique bonito!

Este sábado descobri um texto, uma pequena passagem na Biblia sobre o Amor. Mal a li, soube logo que tinha de a por aqui. É uma passagem muito bonita, que tenta descrever o Amor. Descreve o Amor de uma forma geral, não somente o Amor que pode existir entre um homem e uma mulher, mas também o Amor pelos pais, amigos, familia, cão, gato..

Espero que gostem! Enjoy it!

"O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o
amor não se vangloria, não se ensoberbece.
Não se porta inconvenientemente, não busca os seus
próprios interesses, não se irrita,
não suspeita mal.
Não se regozija com a injustiça, mas se regozija com a
verdade.
Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
O amor jamais acaba"

                                         

publicado por Marisa às 15:23
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Rui Carvalho a 1 de Fevereiro de 2007 às 10:54
Gostei muito deste texto...
Infelizmente, apenas acredito que este tipo de amor só pode ser divino. As pessoas não são perfeitas... E quanto mais as conheço... menos acredito que este ideal pode ser terreno. Bem... o meu canário ainda não me desiludiu... mas, foge quando lhe tento dar comer dentro da gaiola...
Talvez, faltem pessoas que estejam, de facto, interessadas em demonstrar amor... o orgulho vence-as sempre primeiro...

Beijo Rui

Comentar post

*links