*mais sobre mim

*Quem está aqui??

online

*Junho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

*posts recentes

* Porque é que somos todos ...

*arquivos

* Junho 2010

* Julho 2007

* Junho 2007

* Maio 2007

* Abril 2007

* Março 2007

* Fevereiro 2007

* Janeiro 2007

* Dezembro 2006

* Novembro 2006

* Outubro 2006

*tags

* todas as tags

*pesquisar

 
blogs SAPO

*subscrever feeds

Quarta-feira, 2 de Maio de 2007

Porque é que somos todos uma cambada de egoístas??

Quando digo todos é mesmo TODOS, contra mim falo. A diferença é que uns assumem-se como egoístas e não tem vergonha nenhuma em mostrar que são, enquanto outros são conotados e autoproclamam-se como não egoístas.

Mesmo aquelas pessoas que não se acham egoístas e que até as outras pessoas olham para ela e pensam "hum....não me parece que seja egoísta. Não, não deve ser....", essa pessoa é egoísta. Num qualquer momento da vida, numa qualquer situação pelo qual passou, um bocadinho de egoísmo habitualmente confinado às profundezas do insconciente ou sub-consciente, emergiu ao sconciente e mostrou-se. Este laivo de egoísmo pode ser verbalizado ou não. Depende da situação e das pessoas...

Exemplo 1 (a que eu assisti):

Todos nós achamos que o nosso trabalho é mais importante e mais urgente que o dos outros.

"Vai pedir a ela para te fazer isso, porque agora não me dá muito jeito. Tenho montes de coisas para fazer. Sei que ela está também está ocupada e com grandes dificuldades no trabalho, mas pode ser que te ajude." Obviamente que a outra também respondeu a mesma coisa....porque todos nós achamos que o trabalho que estamos a fazer é o mais importante do mundo.

Exemplo 2 (um laivo de egoísmo meu a subir ao consciente):

Quando estou numa fila para pedir alguma informação ou para entregar/pagar algo e estou com pressa e tenho algumas pessoas à minha frente, penso assim "Estas pessoas que estão aqui deviam deixar-me passar à frente, porque estou cheia de pressa, o que tenho a fazer é rápido  e elas estão ali que nunca mais se despacham." Nesse momento sou muito importante, mais importante que todos e esqueço-me que aqueles pessoas também já estiveram ali à espera e merecem ser atendidas na vez delas.

Mas depois, quando já estou quase quase a ser atendida e vem alguém me dizer "Olhe...é só uma informaçãozinha, não demora nada..." eu fico passada e só me apetece dizer "eu estou aqui à montes de tempo e tenho mais do que fazer do que estar aqui, tenho de ir fazer algo muito importante, mais importante, de certeza, do que o que tu fazes!!!" (Egoísmo bruto a vir ao de cima...). A sorte é que só pensamos e o nosso consciente acaba por reprimir este pensamento e depois dizemos todos sorridentes "Claro...faça favor!".

Porque é que só olhamos para o nosso umbigo??

 

(imagem retirada de http://mairabg.sites.uol.com.br)

publicado por Marisa às 16:53
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|

*links